Postagens

Mostrando postagens de 2014

Moça, você já gozou?

Imagem
Moça, você já gozou? Tem certeza? Sabe mesmo o que é um orgasmo? Comecei a me preocupar com isso quando gozei de verdade, porque não foi fácil pra mim descobrir o tal do orgasmo e fiquei me perguntando "caramba, será que todo mundo é assim?" (leia: todas as mulheres) e constatei que gozar é difícil mesmo, por vários aspectos que vai desde a questão sócio-cultural, onde os homens diferente das mulheres são incentivados a iniciarem suas práticas sexuais cedo e de forma muito explícita, enquanto existe uma espécie de protecionismo muito grande no que diz respeito à sexualidade feminina, um verdadeiro tabu. 
Do ponto de vista biológico também levamos desvantagens e que não deixa de se relacionar com a questão cultural, os homens conhecem o corpo que eles têm, inclusive é mais fácil pra eles, o órgão é externo, antes de eu saber como as coisas funcionavam, já conseguia imaginar uma masturbação masculina (bater punheta já diz tudo né?), mas como é que uma mulher se masturba? É só c…

Cinco anos...

Imagem
Em cinco anos eu aprendi muita coisa, surpreendente constatar como uma Universidade te transforma, o meu único lamento não poderia se dar por outro viés que não fosse político, o meu lamento é o motivo da minha luta, queria que todos tivessem a oportunidade de estar dentro da Universidade. Hoje eu sou outra pessoa, aprendi a ser mais livre, aprendi que é obrigação dividir meu aprendizado, aprendi a ser mais humana, me descobri gente.
Acho que herdei dos meus pais esse negócio de ter sangue no olho, pra mim sempre foi natural isso de correr muito atrás do que quero, não abaixar a cabeça e ser muito firme, no decorrer da caminhada ouvi várias vezes "não sei como tu aguenta", eu achava bobagem, mas olhando pra trás de fato não foi fácil, morar a mais de duas horas de ônibus lotado da faculdade me obrigou a ter que dormir em outras casas, de parentes e amigos, minha sorte é que tenho sorte e sempre fui bem acolhida, hoje vejo que precisei disso pra saber o que é ter saudade dos m…

batom vermelho

Imagem
Ela comprou um batom vermelho pra dar cor aos lábios e a vida, pra ficar mais bonita, pra sorrir melhor. Ela comprou um batom vermelho pra combinar com a pele dela, pra beijar o amor dela e manchar todo o lençol. Ela se pintou de vermelho pra dançar na avenida, deixar a rua mais bonita até chegar o pôr do sol.

das invenções

Imagem
Com o tempo, as dores, os amores, dissabores e os delírios me fizeram ter uma constatação, tudo que é de subjetivo nessa vida não passa de pura invenção por conveniência! Assim são com as grandes paixões e com a dura saudade que servem pra nos atormentar, sim, paixões e saudade são grandes tormentos que invadem subjetivamente nossas emoções, nossos desejos e nossas vontades.Um dia te juro amor eterno, largo o mundo e seguro na tua mão, amanhã acabou e depois de amanhã morro de tristeza e saudade. Quando me convém sinto amor, preciso dele pra sentir viva. Quando me convém sinto saudade, só pra fazer drama. Em um dia me esqueço de tudo, no domingo resgato tudo na minha memória pra me torturar. Em um novo dia começo tudo de novo com uma nova paixão. A subjetividade das emoções inventadas por conveniência me fez entender que não podemos escolher objetivamente o que vamos sentir, mas que paixão e saudade são "inventáveis".

finalmente encontrei as flores

Imagem
Ainda era manhã, da janela do ônibus consegui reparar nas flores que coloriam a avenida de concreto, de repente me lembrei "é a primavera!" e lembrei das palavras publicadas recentemente por uma amada amiga, Alana:

Chegou a primavera! É hora de estabelecer o que nos fará sorrir nos dias em que o frio invernal persistir em prevalecer. Chegou o tempo das flores... As tulipas, as rosas, os jasmins, as margaridas e orquídeas. Cada flor traz em si um poema único, como no Pequeno Príncipe, de Saint-Exupéry, "Se alguém ama uma flor da qual só existe um exemplar em milhões e milhões de estrelas, isso basta para fazê-lo feliz quando a contempla". E ela jamais se esgotará, "Por mais que você devore um poema, o sentimento que ele provoca jamais se esgotará" (Rubem Fonseca), assim acontece com as flores, assim é a poesia da primavera, para ser contemplada. "Poesia não é para ser entendida. Poesia não é bula de remédio." (R. F.) O que fará de sua primavera?! …

caiu na prova

Imagem
Caiu na prova de português hoje...

Amor é síntese
Mário Quintana

Por favor, não me analise
Não fique procurando cada ponto fraco meu.
Se ninguém resiste a uma análise profunda,
Quanto mais eu...
Ciumento, exigente, inseguro, carente
Todo cheio de marcas que a vida deixou
Vejo em cada grito de exigência
Um pedido de carência, um pedido de amor.

Amor é síntese
É uma integração de dados
Não há que tirar nem pôr
Não me corte em fatias
Ninguém consegue abraçar um pedaço
Me envolva todo em seus braços
E eu serei o perfeito amor.


Me encontrei em todos os versos e me perdi da prova. Que pena que não o usaram pra interpretação.




Voto em Dilma, Aécio, NEVER!

Imagem
O debate eleitoral de 2014 foi antecipado pelas manifestações de junho de 2013, onde o sentimento de indignação coletiva diante de tantos gargalos sociais foi tomado pelos quatro cantos do país, sentimento esse que deveria ter cumprido o papel balizador principalmente nas eleições proporcionais, mas que infelizmente não conseguiu ser canalizado para o voto nas urnas na escolha de candidatos que apresentassem projetos democráticos e progressistas, a contradição entre os anseios do povo externado nas ruas e a dificuldade em eleger estes candidatos foi clara, o povo brasileiro elegeu o congresso nacional mais conservador desde 1964.
Depois de tanto embate político desde junho do ano passado, vamos chegar ao final de um processo eleitoral desgastante e muito disputado. O povo teve que lidar com as manifestações de junho, com a morte de Eduardo Campos, com a candidatura inesperada de Marina Silva, com o apoio do PSB ao PSDB, o cenário até aqui foi extremamente complexo e conturbado e envolv…

ataques de felicidade

Imagem
Felicidade é um estado. Às vezes estamos, às vezes não estamos. Às vezes somos, às vezes não somos. Felicidade é quase um verbo. Felicidade é uma busca constante e permanente. Felicidade é o barulho do mar que a gente tenta escutar na concha da praia, a gente procura, espera, pensa que ouve, fica na dúvida, sorri. 
É certo, moças e rapazes que me acompanham nesse blog, que a felicidade é um negócio bom que a gente sente por dentro e que ela de fato não é plena, mas é certo também, que existem pessoas com predisposição para serem mais felizes que outras, predisposição e disposição eu diria, e pra mim o mundo inteiro se divide em pessoas dispostas a serem felizes e pessoas indispostas, pessoas sérias, chatas, que não brincam, que são tristes. 
E os dias muitas vezes me proporciona momentos que tudo devia ficar cinza, mas a energia das pessoas que me cercam transforma tudo em cores vivas, felicidade contagia! Felicidade não é aquela visita chata que chega e parece não querer ir embora, fel…

o prazer é todo dele

Depois que te conheci, cerveja virou pretexto para o beijo que sempre chega depois de alguns copos. Tudo planejado pra que meu corpo seja feliz. Ele (meu corpo) sempre livre, dou o que ele (meu corpo) me pede. O prazer é todo dele (meu corpo).  Ele (meu corpo) sorri e goza feliz.

Viver é resistir!

Imagem
Quando eu era pequena ficava viajando, quase entrando em crise tentando entender a origem da vida, "quem fez a gente?", "mas quem fez deus?", "quem fez o átomo?" (coitada da professora de ciências nessa aula), mas eu queria entender! Bom, fiquei com Deus mesmo, como disse o mestre Ariano Suassuna, "é preciso mais fé para acreditar na teoria da evolução do que em Deus". 
Hoje não quero entender mais nada, hoje eu só entendo que a vida é um sopro e um apagar de uma vela, que não temos certeza de nada. Mas entendi também que só o caminho do amor e da comunhão com meus semelhantes é o caminho a ser seguido e ainda entendi "que nada está sob controle". 
Além disso, os dias me mostram que a vida nada mais é que uma verdadeira prova de resistência.Viver é resistir! Resistir pela própria vida, pela vontade de viver e fazer a caminhada ser mais bonita, resistir! Resistir é enfrentar a vida com a naturalidade de quem vive, de quem entende que a vi…

banho frio

Cheguei em casa com sede de banho frio. Calor, suor, cansaço e responsabilidades me banharam o dia todo. Debaixo do chuveiro deixo a água fria percorrer meu corpo levando o peso do suor, do cansaço, das responsabilidades, por alguns minutos me sinto leve, esqueço de tudo, apago tudo e me renovo.

8/2

Águas que caem do céu
Anunciam o encontro
Atrasos típicos
Arianos em cena
Não há tempo ruim
Existem momentos oportunos
Quantos copos de cerveja são o tempo de eu beijar ele, de eu tocar ele?
Quantos copos de cerveja valem o beijo dele, o toque dele?

eu e ele


O PAPEL DAS ENTIDADES ESTUDANTIS NA UPE

Imagem
Costumo dizer que o movimento estudantil nasce da necessidade dos estudantes se organizarem pra resolver o que está errado. Foi o movimento estudantil que na ditadura militar foi às ruas pela volta da democracia, que pediu eleições diretas, que tirou um presidente corrupto do poder. Há quem diga que o movimento estudantil "não é mais o mesmo de antigamente" e aí que precisamos compreender que de fato não é, porque antigamente não existe mais, estamos vivendo um outro momento e outras lutas. 
Por exemplo, até 2009 eram cobradas mensalidades na UPE, depois de muita luta ela se  tornou gratuita, aí a gente se pergunta, a luta acabou? O movimento estudantil luta pelo que agora? A luta agora é pelo que ainda não temos: casa do estudante, restaurante universitário, mais bolsas de pesquisa e extensão, bolsas de auxílio permanência e várias outras coisas. Mas o que a gente tem a ver com isso tudo? Somente os estudantes tem condições de lutar pelas necessidades que sentem na pele. O p…

o movimento estudantil

Imagem
Depois de alguns anos de movimento estudantil (ME), a gente fica achando que sabe de tudo, de como fazer tudo, mas estamos sempre vulneráveis a falhar, ainda mais que ninguém faz movimento estudantil sozinho, respondemos por um coletivo que é feito por pessoas normais e diferentes umas das outras, tenho três anos de militância e todo dia aprendo uma coisa diferente, pena que quando a gente começa a entender melhor as coisas, acabou, já é hora de se despedir pra dar espaço pra novas lideranças, a experiência então fica pra gente, a gente usa em outras lutas, mas claro, movimento estudantil é movimento estudantil. 
Como eu acredito que viemos a esse mundo pra compartilhar experiências, uso o meu blog nesse intuito também e quero dividir algumas impressões que venho tendo nos últimos dias em atividade. Quase todas as pessoas que entram no ME tem um coração bom, pensam no coletivo, entendem que é preciso se mexer pra que as mudanças aconteçam pra os próprios estudantes e aí está a beleza e…

vida corrida

É que me veio um suspiro de inspiração e eu preciso escrever. Ela veio justamente da falta dela, todos os dias penso em escrever, falar das minhas impressões sobre as experiências cotidianas, mas falta a danada da inspiração. Como já escrevi uma vez, escrever não é pra quem quer, mas pra quem sente e hoje eu senti falta, acho que por isso que ela chegou. 
Me inspiro quando tô muito feliz, ou muito triste, mas quando a vida tá corrida demais ela nem chega perto de mim. Minha vida fica menos completa quando não boto pra fora o que me aperta por dentro. Então deixem aqui eu aproveitar meu suspiro. Estou me sentindo no meio do furacão, me enfrento todos os dias, é que na verdade eu sinto muito medo. Talvez as pessoas menos próximas não saibam que morro de medo de falar em público, mas falo. Talvez os meus pacientes não percebam que morro de medo de fazer um curativo e ele sentir dor, de fazer algum procedimento errado, que eu me tremo toda vez que vejo um deles indo embora, mas eu encaro. …

eles não sabem, não veem

Imagem
Tantos querem, desejam, desejam, desejam, eu sei, eu vejo.  Meu corpo, um parque de diversões, imagina eles, eu sei, eu vejo.  Viram o rosto na rua, soltam graça pra chamar atenção, querem tocar, eu sei, eu vejo. Provam o gosto e querem mais, quando não deixa, querem ainda mais, eu sei, eu vejo.  Juram amor, paixão, uma ou duas noites, ela brinca, ri, finge não ver, ela não quer diversões ou toques, ela quer sangue fervendo na veia, ela é mais que os olhos deles veem, mas eles não sabem, não veem. 

Eduardo Campos

Imagem
Minha tia quase não dormiu a noite passada, disse que ficou muito abalada com a notícia, minha mãe mandou uma mensagem dizendo que se o enterro dele for no domingo ela vai. Me solidarizo com a dor da viúva Renata Campos, sempre ao lado dele em todas as atividades políticas, simpática e atenciosa, me solidarizo com a dor dos seus cinco filhos, não deve está sendo fácil perder um pai querido assim, me solidarizo com toda a família Campos, mas me solidarizo também com todo o povo pernambucano. Eduardo não era só o esposo de Renta e o pai de Zé, Duda, João, Pedro e Miguel, ele pertencia aos pernambucanos, ele fez parte da vida dos pernambucanos. 
As pessoas ainda não conseguem acreditar, algumas dizem "perdi meu presidente que ia nos representar". O choque foi muito grande, foi pesado, Eduardo não está mais entre nós, de repente um profundo vazio toma conta de todos, não podia ser verdade, como pode, meu deus? Um homem jovem na idade e na alma, um homem que sonhava, que tinha pla…

não sou um modelo ideal

Eu não sou um modelo ideal de nada, não sou modelo ideal de militante, sou muito indisciplinada, rebelde e insegura. Não sou modelo ideal de enfermeira, sou desastrada e preciso estudar mais. Não sou modelo ideal de filha e amiga, eu sou muito ocupada pra dar atenção a meus pais, amigos e amigas. Eu sou toda imperfeita e incompleta, nunca esperem mais que isso de mim, porque eu sou isso, até o que me falta faz parte de mim. Eu sou aquilo que você vê, eu sou tão transparente que muitas vezes eu falo sem pensar muito e às vezes dá merda. Eu não tenho maldade no coração, mas já fui má algumas vezes pra tentar me defender. Eu sou do amor e odeio desamor, mas não sou um modelo ideal de quem ama. Eu sou assim mesmo, pra quem goste e pra quem não goste, quem tiver achando ruim, me erre, vou continuar vivendo, assim, no meu mundinho.

PAINHO

Imagem
Já faz mais de dois anos que tatuei "painho e mainha, a razão da minha emoção", apesar do nome dos meus pais serem lindos "Ulisses e Amélia", eu quis registrar minha homenagem com carinho, com nossa intimidade, somente eu e meu irmão no mundo inteiro chamamos eles de "painho e mainha", "a razão da minha emoção" foi uma frase que li na capa de um LP que meu pai deu a minha mãe quando namoravam, achei que seria a combinação perfeita pra expressar o que eles representam pra mim. 
Hoje, dia dos pais, só consigo sentir amor pelo meu pai, apesar das nossas arengas. São arengas de cuidado, sabe? Eu não sou uma filha perfeita, não sou mesmo, eu vivo longe dos meus pais e isso aperta meu coração, eu sou respondona, eu não vou ficar aqui revelando meus defeitinhos, mas enfim, é isso. E ele me ama assim, do jeito que eu sou, exatamente assim, sem tirar nem pôr. Ele tem orgulho de tudo que eu sou: a menina simpática de jaguaribe que fala com todo mundo, a qu…

as pessoas

Imagem
Eu posso ter mil paixões, gosto de muita coisa como política, o Sport, dormir e comer, mas o que eu amo mesmo são as pessoas. Sim, as pessoas me fascinam. Meu pai, minha mãe, meus tios e tias, primos e primas, amigos e amigas e aquela senhora que conheci na parada do ônibus, tô falando de gente, sabe? 
As pessoas são incríveis, já pensou que com tantas pessoas no mundo cada um de nós somos únicos? Cada um de nós tem uma forma de ver as coisas, de sentir, de entender. Cada um de nós vive uma vida diferente uma da outra. Cada um de nós é um mundo. Para o bem e para o mal, as pessoas são incríveis. Plurais e singulares. 
Não tem nada mais gostoso que ouvir estórias de outras pessoas, estórias de vida, experiências diversas, essa troca que podemos fazer é sensacional, nos permite aprender, nos permite sorrir. Eu costumo pensar muito na vida, acho que todo mundo é assim né? Mas em tudo que penso, só costumo chegar a uma conclusão, de todas as coisas do mundo, o que importa mesmo são as pesso…

sobre arriscar

Imagem
Certo dia estava numa lotérica e um homem chegou atrasado pra fazer as apostas dele, triste comentou: "prefiro perder do que ficar sem jogar". Eu concordei profundamente com ele em pensamento. Ele tinha toda a razão do mundo! É claro que é melhor arriscar, apostar, ter fé que vai dar certo e perder do que não arriscar, não apostar, não ter fé. Se perder, perdeu. Se ganhar, ganhou! Aquele homem era sábio.



receita pra viver bem

Imagem
Se você veio aqui pra visitar meus pensamentos, talvez se importe com o que digo, ou não. Mas que fique claro que não existe receita pra viver, a gente simplesmente vive, erra, tropeça, cai, levanta, sorri, a vida é assim, tem receita não, mas tem umas coisas que eu acho que precisam nortear a vida da gente pra que possamos de fato "viver bem", segue aqui:
1. precisamos ser coerentes, a gente precisa ser coerente entre o que pensa, o que fala e o que faz e isso é tudo, não se engane, nem engane ninguém, isso é paz.
2. precisamos fazer o que temos vontade, mas pra isso a gente precisa aprender também a respeitar as pessoas e principalmente a se respeitar, só os leitores do meu blog devem imaginar o quanto é difícil pra mim confessar que liberdade tem limite, mas vamos usá-la todos os dias.
3. sorria! converse! ajude! sorria sempre, converse com as pessoas, não se esqueça que as pessoas são as riquezas desse mundo, ajude quando tiver oportunidade com amor no coração.
Reparando bem…

do enterro

Imagem
Morreu. Acenderam a vela pra velar. Os vizinhos chegaram, os parentes distantes também. O caixão ficou na sala com os pés virados pra porta (acho que é por isso que dizem que faz mal dormir com os pés virado pra porta, isso é coisa de defunto). A viúva chorou, os filhos e os netos também, choraram, gritaram, morrer dói nos outros. Os filhos carregaram o caixão pelas ruas até o cemitério. Era um homem bom. (a gente vê pela quantidade de pessoas que acompanharam o enterro). Ele agora tá lá a sete palmos embaixo da terra. Eu acho bonito esses enterros de cidade pequena, quero ser enterrada que nem meu avô.

meu mundinho

Imagem
Cada um de nós vive o seu mundo e a vida exige muito da gente, exige que olhemos pra frente, que caminhemos, não dá pra parar, a ordem é seguir! Mas às vezes é saudável fazer uma pausa, olhar um pouco pra trás, lembrar do que doeu, do que sarou, do que fez rir, do que fez crescer, do que cresceu, do que ficou, do que passou. 
Faço isso pouquíssimas vezes na verdade, porque dói, prefiro viver de futuro, vivo assim no meu mundinho sem olhar muito pra trás, no meu mundinho imperfeito, incompleto e cheio de esperança, esperança de qualquer coisa boa, de qualquer coisa nova, de qualquer sorriso que ajude a fazer a caminhada mais bonita.  

me usa!

Imagem
Tu me usas, eu te uso, a gente goza, a gente ri, liberdade.

uma viagem

Estávamos de frente um para o outro depois de anos e enquanto a fumaça tomava conta do ambiente, eu olhava nos olhos dele e viajava, pra onde eu não sei, mas viajava, acho que pra onde quero ir com ele, qualquer lugar, qualquer lugar que traga paz, exatamente como aquele lugar que a gente tava, não tinha nada de interessante ao meu redor a não ser a presença dele, foi pra qualquer lugar assim que viajei, pra o lugar onde ele estivesse. Sentia uma agonia, queria ficar ali sentindo aquela energia excitante, a pele dele estava quente e minha boca salivando de desejo. Fizemos algumas promessas curtas, prometemos fugir. Acabou nosso tempo naquele dia, nos despedimos, acabou nosso tempo naquele dia pra começar uma história nova.

sobre a infelicidade

Infeliz é aquele que não vive o que fala, o que acredita e o que defende, tenho pena desses pobres infelizes, quanto a mim, ando sorrindo.

Sou Marcelino e Luciana!

Imagem
Marcelino Granja é engenheiro civil, foi secretário da Fazenda e Administração de Olinda e secretário estadual de Ciência e Tecnologia de Pernambuco. Luciana Santos é engenheira elétrica, foi a melhor prefeita que Olinda já teve por dois mandatos, secretária estadual de Ciência e Tecnologia de Pernambuco e atualmente é a única mulher deputada federal do estado, Marcelino está candidato à deputado estadual e Luciana está candidata à reeleição para deputada federal. E eu sou Marcelino e Luciana.
Sou Marcelino e Luciana por que militamos no mesmo partido, o Partido Comunista do Brasil, sonhamos e lutamos todos os dias para construir uma sociedade mais humana, onde as pessoas sejam livres e felizes. Sou Marcelino e Luciana por que acreditamos juntos que nosso país teve importantes avanços para o povo brasileiro, mas que precisamos avançar nas mudanças e para isso precisamos enfrentar a luta pela reforma urbana, reforma política, reforma da mídia, reforma tributária, reforma agrária, da sa…

influenciar na política

Imagem
O fato da maioria das pessoas não quererem nem ouvir falar de política é um dos motivos para que ela continue do jeito que está. Política é instrumento de transformação do que a gente acha que tá errado. Política é pensar, falar, propor, debater, discutir, reformar, transformar! Pena que quase ninguém acredita e por isso que quem acredita precisa influenciar na política, influenciar as pessoas ao seu redor de maneira leve, honesta e saudável.
Eu compreendo toda a negação pela política, não aprendemos na escola a sermos seres políticos e nem na televisão, além disso o nosso modelo de sistema político, que escolhe os nossos representantes, permite que somente quem tem dinheiro detenha poder, assim, as pessoas se tornam apáticas e hostis quando o assunto é esse. É preciso coragem pra nadar contra maré! Mas em meio a essa maré de hostilidade e apatia a gente sempre encontra quem acredite junto com a gente. 
Uma amiga me contou que tinha um garçom que trabalhava no restaurante do pai dela e …

carta para ser entregue à marllyane em 2044

Nem sei se daqui a 30 anos vamos estar vivas, mas quero escrever essa carta agora, não tenho motivo especial pra escolher essa data, mas queria que a gente lembrasse dos tempos de agora depois de muito tempo, nem sei se 30 anos é muito tempo também, mas vamos lá.
Amiga, tu é tão especial pra mim, tua liberdade sempre me fez te admirar, liberdade, loucura, não sei bem, acho que na sociedade hipócrita e machista que a gente vive ser livre, se declarar livre é pagar de louca e sem juízo, então deixa ser. Tava pensando esses dias que as mulheres do mundo deviam conhecer como a gente leva a vida, acho que elas seriam bem mais felizes. É, não ligar pra o que os outros falam ou o que vão pensar, fazer o que tem vontade, ser livre, os homens sempre fizeram isso e as mulheres coitadas, reprimidas. Falo assim toda cheia de mim, mas não é nada fácil ser o que somos, é preciso coragem. Apesar de eu ser militante e ler um pouco sobre as lutas feministas de emancipação das mulheres, quando analiso s…

A luta política e a consciência de classe

Imagem
Marx disse que "a história de toda a sociedade até os nossos dias nada mais é do que a história da luta de classes". Já participei de alguns cursos de formação política da UJS, mas não sou nenhum exemplo de comunista disciplinada que estuda as teorias marxistas. Mas sempre me pego pensando nesse negócio. Sobre o que é isso mesmo de "luta de classes"? E a cada discussão que venho participando nas redes sociais sobre as eleições pra presidência, vejo como é clara as divergências de ideias, os lados. 
Meus pensamentos, a realidade concreta que consigo perceber e meus ideais ficam de um lado e os pensamentos, os depoimentos que contrapõem os meus e outras leituras de realidade ficam de um lado totalmente oposto. Em um ano de eleições e em meio a Copa do Mundo, que sofreu tantos ataques terroristas de que tudo seria um caos, tudo é campo fértil para o bom debate e a luta de ideias, com exceção dos idiotas que repetem e só sabem repetir o discurso fácil da rede globo e de…

É hora de sonhar alto e renovar as esperanças no plural!

Imagem
Lula disse um dia desses "é hora de renovar as esperanças". Sim, companheiro, concordo com você. O povo que elegeu um operário em 2002 cheio de esperança que as coisas mudariam, sentiram na pele que as coisas mudaram. Mas parece que a memória de grande parcela da população é curta (ou não convém lembrar) e a juventude não viveu plenamente o governo que antecedeu Lula, assim fica um pouquinho difícil dizer a todos os milhões de brasileiras e brasileiras que nosso país mudou e avançou muito desde 2002. 
Dizer que se não fosse eleito três vezes seguidas um governo comprometido com as causas do povo não existiria Bolsa Família, Minha Casa, Minha Vida, FIES, REUNI, PROUNI, Ciências Sem Fronteiras e tantos outros programas e projetos que mudaram a perspectiva de vida das pessoas, que permitiram que as pessoas tivessem mais dignidade pra viver e conseguissem ser mais felizes! 
Quem conhece a história do Brasil sabe que é fato que os governos dirigidos por Fernando Henrique Cardoso re…

como um cardápio

Imagem
Hoje me perguntaram se eu queria um sexo selvagem apenas, um sexo casual, umas saídas pra barzinhos ou um romance, assim, como um garçom que mostra o cardápio e pergunta ao cliente qual o prato do dia, sua preferência. Levada pela pergunta e pelo leque de opções que me foi oferecido ainda pensei em escolher alguma coisa, quem não quer sentir prazer, brindar à vida por aí ou amar? Mas na mesma hora caí em mim, não se pode definir tipos de relacionamentos pelo gosto do dia, isso seria definir o sentir e sentimentos não se definem, são sentidos como a chuva que bate no rosto quando pega a gente de surpresa na rua. Na verdade o ideal seria se assim fosse. Um dia eu quero morrer de amor, no outro quero esquecer sem sofrer, no outro só quero vadiar com qualquer um por aí e assim escolher de fato o "prato do dia", mas como não dá pra programar, a gente tem que ir vivendo desse jeito mesmo, sentindo.

GABI

Quando ela era pequenininha que vinha dormir comigo e eu praticamente não dormia a noite inteira pra ver se ela tava respirando, eu sentia um amor parecido com de mãe. Quando ela me acordava de manhã pra fazer mingau e eu não queria levantar de jeito nenhum ou quando na hora do almoço ela não queria comer e minha vontade era dar umas tapas e fazer ela engolir a comida e não podia, sentia um amor parecido com amor de irmã mais velha. Quando ela leu o diário dela pra mim uma vez, eu senti amor e me senti amada também, amor de amigas. Quando ela me falou que tinha um namoradinho na escola eu fiquei possessa, mas depois senti mais amor por saber que ela confia em mim. Quando ela não tinha nem tamanho e chorava quando eu ia embora da casa dela , eu ficava com o coração bem pequeno e ao mesmo tempo sentia  uma satisfação enorme em saber que aquele pingo de gente que não sabia de quase nada da vida, me queria tão bem. Quando eu encontro ela na rua depois de dias em dias sem a ver e ela corre…

o recalque da classe média

Imagem
Se eu fosse eles ontem, eu também mandaria Dilma tomar no cu. Claro que mandava, mandava com gosto. É insuportável dividir o mesmo voo com gente pobre que fala alto e sempre dá um jeito de puxar uma conversinha pra falar qualquer besteira. É inaceitável que pobres possam comprar carros, carros que antes só eles podiam comprar. É um absurdo ter reserva de vagas para estudantes de escolas públicas, eles são muito melhores e mais capazes para estudar nas universidades federais. É foda ver que que milhões de brasileiros hoje tem outra perspectiva de futuro e para eles nada mudou, continuam na mesmice. 
Os gritos DESRESPEITOSOS direcionados a Dilma ontem não representam o sentimento da maioria da população brasileira que não teve acesso ao estádio e não vai ter porque o ingresso foi caro mesmo e a gente não podia pagar, assim como eu não posso pagar uma roupa de marca. Não acho que teve contradição em relação a isso, não tive muitas informação a respeito, mas acredito que as medidas que o g…

PNE, a vida melhor no futuro!

Imagem
Ano passado foi aprovado após as manifestações de junho que 75% dos royelties do petróleo seriam destinados à educação, no início do ano recebi a notícia que as bolsas de permanência da UPE,  as "bolsas do NAE" ampliaram em 100%, recentemente participei de um ato ao qual o então prefeito da cidade do Recife, Geraldo Júlio, assinou o passe livre para 14.000 estudantes da rede municipal, nessa semana os movimentos sociais de Recife foram vitoriosos após a ocupação do Cais José Estelita, a prefeitura anunciou a suspensão da licença de demolição e ontem (03 de junho) foi aprovado no texto do Plano Nacional de Educação em Brasília, 10% do PIB pra educação. Meu sentimento foi o mesmo: "lutar vale à pena". E se não fosse por nós? 
Entrei no movimento estudantil em 2011, quando iniciava o movimento "transformar o sonho em realidade" rumo ao Congresso da UNE, participava de plenárias, reuniões e ouvia atentamente o que todos diziam, me encantei com tudo e logo me t…