Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2014

Luciano Siqueira

Não escondo e nunca escondi minha profunda admiração por Luciano Siqueira, escritor, médico e comunista, atualmente vice-prefeito do Recife e secretário de formação do PCdoB aqui no estado. Ele faz política com amor, ternura e de coração, ele é o político mais sensível que já conheci, já cheguei a declarar, que depois dos meus pais ele é pra mim é a grande inspiração de lutar todos os dias e é. Isso aqui não é um texto pra eu relatar a história de vida dele ou tampouco sua trajetória política que inclusive não saberia relatar, mas eu queria registrar meu carinho. Luciano é um homem iluminado, a gente percebe pelas suas crônicas, pela esperança contida em cada linha escrita de construir um mundo melhor a cada dia. Existem outros e outros homens que escrevem bonito também, aí é quando você tem oportunidade de estar perto dele e ver a luz que falo, nos olhos, no gesto, no sorriso. Luciano não é um tipo de pessoa mecânica que se você tem que tratar com ele sobre um relatório que não ficou…

2014: mais amor e muita luta!

Imagem
Hoje eu acordei com uma vontade danada de mandar flores ao delegado, de bater na porta do vizinho e desejar bom dia, de beijar o português da padaria! E olha que não precisei receber nenhum telegrama pra me sentir assim, mas acordei exatamente desse jeito, tão bem, tão otimista, tão feliz, acreditando que tudo vai dar certo e vai! Eu tenho fé que 2014 vai ser um dos melhores anos da minha vida, cheios de responsabilidades, aperreio, sofrimento e um acúmulo sem tamanho de aprendizado. Disposição pra ser feliz não me falta e não vou deixar faltar pra nenhum dos meus companheiros, avante, a estrada sempre vai além do que se vê!  
Eu acho que isso vem de eu ser brasileira, nós brasileiros estamos cada vez mais otimistas, não falo desses brasileiros de direita da elite, falo do povo, da massa, ontem mesmo eu tava numa mesa de bar e minha família de origem muito humilde reunida com amigos, comentando como tudo mudou pra gente, minhas tias diziam que só comiam carne em dezembro, quando vinha …

desses meninos que morrem cedo

Eu acho que os céus deviam decretar que os jovens estão proibidos de morrer, que só podem morrer depois que viveram e aprenderam muito, foram felizes e sofreram, tiveram filhos e netos, quem sabe bisnetos! Nada é mais triste e desesperançoso pra o futuro da humanidade que ver esses meninos que morrem cedo, esses meninos que vão embora sem avisar e levam com eles a vida inteira que teriam pela frente, levam o futuro, levam os sonhos da posteridade. A juventude tem luz própria, tem vontade de viver, tem coragem. Esses meninos que morrem cedo tem tanta coragem que chegam a pensar que são imortais e inquebráveis, mas não são. Desses meninos que morrem cedo, morre com eles o brilho nos olhos, o brilho que queria ganhar o mundo, mudar o mundo, mudar seu mundo, ser feliz. Eu fico triste quando vejo esses meninos que morrem cedo.