do que passou

Acabei de chegar em casa, olhei pra cama e lá tava o cachorrinho de pelúcia que você me deu, não vou me desfazer dele, ele é fofo demais pra isso, mas sempre que for dormir em casa, inevitavelmente vou lembrar de você. Mas aí lembrei que se você não se desfez do tratador de maconha que te dei, inevitavelmente toda vez que você for fumar maconha antes de ir pro trabalho, você vai lembrar de mim. E lembrei de outros ele's também, até mandei uma mensagem pra um dizendo que fiquei muito feliz ao vê-lo de longe na festa passada, tão bem, tão de boa. E constatei que de fato, um dia sempre passa e que acerto quando vivo intensamente as chances que tenho de ser feliz. Dessa forma vocês vão passando pela minha vida, fazendo história, deixando pegadas na minha alma, outros nem tanto. E vou provando outros gostos, outros toques, me encantando com outros sorrisos e vivendo de amor. 

"meu coração não se cansa de ter esperança de um dia ser tudo o que quer, meu coração de criança, não é só a lembrança de um vulto feliz de mulher que passou por meus sonhos sem dizer adeus e fez dos olhos meus um chorar mais sem fim, meu coração vagabundo quer guardar o mundo em mim"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

por menos romantização nos sintomas da gravidez

a hora da virada

educação, enganação, conformação