carta para ser entregue à marllyane em 2044

Nem sei se daqui a 30 anos vamos estar vivas, mas quero escrever essa carta agora, não tenho motivo especial pra escolher essa data, mas queria que a gente lembrasse dos tempos de agora depois de muito tempo, nem sei se 30 anos é muito tempo também, mas vamos lá.

Amiga, tu é tão especial pra mim, tua liberdade sempre me fez te admirar, liberdade, loucura, não sei bem, acho que na sociedade hipócrita e machista que a gente vive ser livre, se declarar livre é pagar de louca e sem juízo, então deixa ser. Tava pensando esses dias que as mulheres do mundo deviam conhecer como a gente leva a vida, acho que elas seriam bem mais felizes. É, não ligar pra o que os outros falam ou o que vão pensar, fazer o que tem vontade, ser livre, os homens sempre fizeram isso e as mulheres coitadas, reprimidas. Falo assim toda cheia de mim, mas não é nada fácil ser o que somos, é preciso coragem. Apesar de eu ser militante e ler um pouco sobre as lutas feministas de emancipação das mulheres, quando analiso sobre aspectos de comportamento e liberdade sexual (esse negócio de dar pra quem quiser e quando quiser) das mulheres, eu tenho nojo da militância hipócrita que me cerca, mulheres e homens, falam tanto de feminismo, mas não perdem a oportunidade de moralizar e de reprimir as moças livres. É amiga, não é fácil ter coragem e sabe o que eu acho mais massa na gente? A gente não liga e ainda tira onda, somos conscientemente livres, acho que somos um modelo de evolução da nossa espécie e do nosso sexo, morro de rir lembrando das poucas conversas que já tivemos, amiga, a gente não presta e eu te amo por isso.

Como a vida vai estar em 2044 hein? Será que a gente vai casar? Ter filhos? Vou contar tudo pra eles! Será que as mulheres vão estar gozando mais? Ou vão continuar servindo aos homens na cama? Será que elas, assim como a gente hoje é quem vai atrás e resolve? Ou vão ser moças comportadas como vejo hoje? Enfim, que sejamos todas felizes da maneira que quisermos, liberdade é isso.

Se ser livre é ser puta, sou uma puta livre pra caralho!

um beijo, minha louca <3



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

por menos romantização nos sintomas da gravidez

a hora da virada

educação, enganação, conformação