não sou um modelo ideal

Eu não sou um modelo ideal de nada, não sou modelo ideal de militante, sou muito indisciplinada, rebelde e insegura. Não sou modelo ideal de enfermeira, sou desastrada e preciso estudar mais. Não sou modelo ideal de filha e amiga, eu sou muito ocupada pra dar atenção a meus pais, amigos e amigas. Eu sou toda imperfeita e incompleta, nunca esperem mais que isso de mim, porque eu sou isso, até o que me falta faz parte de mim. Eu sou aquilo que você vê, eu sou tão transparente que muitas vezes eu falo sem pensar muito e às vezes dá merda. Eu não tenho maldade no coração, mas já fui má algumas vezes pra tentar me defender. Eu sou do amor e odeio desamor, mas não sou um modelo ideal de quem ama. Eu sou assim mesmo, pra quem goste e pra quem não goste, quem tiver achando ruim, me erre, vou continuar vivendo, assim, no meu mundinho.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

por menos romantização nos sintomas da gravidez

a hora da virada

educação, enganação, conformação