do que mais vale

Se o filme que eu escolhi for ruim, mais vale a pressão dos meus dedos na tua nuca, mais vale teu cheiro nas minhas mãos, mais vale o carinho do momento, não importa o filme. Se a gente se desentender por algumas horas, mais vale o esforço de se fazer entender depois, mais vale o diálogo sincero, mais vale a reconciliação e o estar bem, não importa o desentendimento. Se a gente passar dias sem se ver, mais vale o coração acelerado do reencontro, mais vale a saudade findada, não importa a ausência. Se eu vomitar toda comida que foi feita pra mim, mais vale o amor de ter preparado um prato bonito e apetitoso, não importa que vomitei. Se der alguma coisa errado, sem muita graça ou diferente do que a gente quis, mais vale estar juntos, mais vale quando a gente ri de tudo, mais vale quando dá certo!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

por menos romantização nos sintomas da gravidez

reviravolta

pariu, bateu, que balance