O PAPEL DAS ENTIDADES ESTUDANTIS NA UPE

Costumo dizer que o movimento estudantil nasce da necessidade dos estudantes se organizarem pra resolver o que está errado. Foi o movimento estudantil que na ditadura militar foi às ruas pela volta da democracia, que pediu eleições diretas, que tirou um presidente corrupto do poder. Há quem diga que o movimento estudantil "não é mais o mesmo de antigamente" e aí que precisamos compreender que de fato não é, porque antigamente não existe mais, estamos vivendo um outro momento e outras lutas. 

Por exemplo, até 2009 eram cobradas mensalidades na UPE, depois de muita luta ela se  tornou gratuita, aí a gente se pergunta, a luta acabou? O movimento estudantil luta pelo que agora? A luta agora é pelo que ainda não temos: casa do estudante, restaurante universitário, mais bolsas de pesquisa e extensão, bolsas de auxílio permanência e várias outras coisas. Mas o que a gente tem a ver com isso tudo? Somente os estudantes tem condições de lutar pelas necessidades que sentem na pele. O professor nem o reitor vão fazer isso, mas quem precisa da mudança, que somos nós, então nós que temos que reivindicar. 

O DCE - diretório central dos estudantes serve pra representar os estudantes da universidade, de todos os campi: Petrolina, Salgueiro, Serra Talhada, Arcoverde, Garanhuns, Caruaru, Palmares, Nazaré da Mata, FOP, Benfica, Santo Amaro, o DCE tem o papel de reivindicar as pautas mais gerais dos estudantes como infraestrutura, concurso público pra professor, representar os estudantes no conselho universitário, o CONSUN, (reunião mensal entre Reitoria, diretores de campus e entidades sindicais pra decidir os rumos da UPE), além disso o DCE deve promover a integração dos estudantes de todos os campi através do CONEUPE que é o congresso dos estudantes da UPE que deve acontecer de dois em dois anos e o INTERUPE que são os jogos internos da UPE com várias modalidades de esportes.

 Já os Diretórios Acadêmicos - DAs são as representações de estudantes dos prédios, a ESEF por exemplo, Escola Superior de Educação Física tem um DA, já no campus mata norte tem um DA do campus pra todos os cursos que tem o papel de representar os estudantes nos Conselhos de Gestão Acadêmica, CGA, onde decide assuntos referentes aquela faculdade/campus, deve integrar os estudantes do campus, promover atividades acadêmicas, calouradas. 

Diferente da ESEF no campus mata norte, por exemplo, existem vários cursos, então existe a necessidade de ter uma representação por curso, porque todos tem suas especificidades, então é o CA, centro acadêmico. Ele deve representar os estudantes de seu curso em reuniões de direção de pleno com coordenadores de curso, professores, etc, deve realizar reuniões com representantes de turma pra conhecer os problemas de cada turma e tentar ajudar a resolver com as coordenações de curso, deve representar os estudantes de seu curso em congressos, encontro de estudantes, deve realizar semana dos cursos com atividades acadêmicas e emitir certificados em parceria com a coordenação de extensão do seu campus, articular ônibus pra levar os estudantes do curso que representa pra alguma atividade, são várias as coisas que um CA pode fazer, até mais que o DCE, pois o CA está em contato direto com a necessidade mais latente do estudante. 

No movimento estudantil classificamos o DCE como uma entidade geral e o DA ou CA como uma entidade de base e todos devem MOVIMENTAR os estudantes!  

Se quiserem conhecer mais, deem uma olhada no site da UNE: http://www.une.org.br/



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

por menos romantização nos sintomas da gravidez

a hora da virada

educação, enganação, conformação