Viver é resistir!

Quando eu era pequena ficava viajando, quase entrando em crise tentando entender a origem da vida, "quem fez a gente?", "mas quem fez deus?", "quem fez o átomo?" (coitada da professora de ciências nessa aula), mas eu queria entender! Bom, fiquei com Deus mesmo, como disse o mestre Ariano Suassuna, "é preciso mais fé para acreditar na teoria da evolução do que em Deus". 

Hoje não quero entender mais nada, hoje eu só entendo que a vida é um sopro e um apagar de uma vela, que não temos certeza de nada. Mas entendi também que só o caminho do amor e da comunhão com meus semelhantes é o caminho a ser seguido e ainda entendi "que nada está sob controle". 

Além disso, os dias me mostram que a vida nada mais é que uma verdadeira prova de resistência. Viver é resistir! Resistir pela própria vida, pela vontade de viver e fazer a caminhada ser mais bonita, resistir! Resistir é enfrentar a vida com a naturalidade de quem vive, de quem entende que a vida é mais ou menos isso que tentei descrever aqui em cima, entendendo isso a gente entende também que o que importa mesmo é o aprendizado que fica. Aprendizado vem junto com a resistência, viver é resistir! 

E a resistência de cada dia deve ser doce, leve, sorridente, resistir com amor é uma escolha diária.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

por menos romantização nos sintomas da gravidez

a hora da virada

educação, enganação, conformação