"Buscai as coisas do alto!"

É quase final do ano e estou passando os dias sem saber que dia é na semana, qual o dia do mês, não lembro mais o dia do aniversário das pessoas que eu sempre fazia questão de demonstrar a lembrança com uma ligação ou uma mensagem no celular e ao mesmo tempo sei onde tô pisando, tenho passado meus dias frequentando ruas que nunca tinha frequentado, descobrindo novas avenidas, avenidas cada vez mais largas. Apesar da segurança que eu sinto quando ando por ruas já conhecidas, o desafio do novo está me atraindo muito mais.

Vejo o mundo novo, novos horizontes despontando a minha frente e dentro de mim mil vozes gritam: - não olhe pra trás mocinha, continue caminhando! Mesmo com medo e insegurança, continuo caminhando com coragem, apoiada por pessoas maravilhosas, a determinação vem de dentro, de estar consciente que só sigo os caminhos que eu escolhi de acordo com meus princípios e minhas vontades e isso me acalma.

Mas às vezes bate uma angústia tão grande. Quando eu lembro de crenças maiores e me encontro em alguns conflitos, por exemplo, peço a Deus que as minhas escolhas jamais me tirem do caminho da minha missão. Às vezes me pergunto se eu não tô me preocupando demais com os problemas terrenos e esquecendo os temperos simples da vida como a o amor ao próximo e a caridade que tanto aprendo com o espiritismo.

Um dia desses eu tava super triste e aflita com coisas que eu julgava muito importantes, no mesmo dia abri o evangelho segundo o espiritismo e nele li algo que não me recordo agora, mas queria dizer, "não se preocupa com os problemas desse mundo" e é assim que tem que ser. Antes de se preocupar com sei lá, o papel que impressora não imprimiu, te preocupas com a paz da tua alma, BUSCAI AS COISAS DO ALTO!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

por menos romantização nos sintomas da gravidez

a hora da virada

um pau duro e uma punheta